Com o final das férias, é hora de dizer adeus aos dias de folga e voltar à rotina escolar e a tudo o que esta implica. Algumas crianças ficam entusiasmadas com o regresso às atividades e às brincadeiras com os colegas, mas para outras este regresso pode envolver ansiedade, sendo comum até algumas crianças manifestarem sintomas psicossomáticos e uma tendência para evitar a situação.

Sendo a escola uma contexto significativo do dia-a-dia da criança, é importante prevenir e eliminar o medo construído à volta daquele ambiente, permitindo uma integração positiva e funcional.

O apoio dos pais é de extrema importância nesta fase, sendo fundamental ir preparando a criança para o início da escola com algum tempo de antecedência e relembrá-la com o passar do tempo. Para que a transição seja o mais suave possível, é importante, alguns dias antes, começar a aproximar o seu filho da rotina que costuma ter em tempo de escola, por exemplo ao nível do horário do sono e das refeições.

Converse com o seu filho sobre este novo período que se aproxima, como se sente e quais os seus medos e expetativas neste regresso às aulas. Lembre-lhe das coisas boas que existem na escola, como os amigos, as brincadeiras e as novas aprendizagens que fará. Lembre-lhe também das coisas que fez e do que aprendeu no ano letivo que passou, de forma a que se sinta mais motivado para regressar à escola.

Para que o seu filho se vá habituando à presença dos elementos escolares de volta no seu dia-a-dia, inclua a criança na preparação do regresso às aulas. Vejam juntos qual o material a aproveitar do ano letivo que passou, elaborem listas do que necessitam adquirir e obtenham o material juntos.

Não espere pelo primeiro dia de aulas para regressar à escola com a criança, poderá fazê-lo antes. Durante as férias, as crianças estão muito tempo sem contacto com a escola e têm menos recordações da mesma, por isso é importante visitar o espaço antes do início das aulas. Leve o seu filho consigo se necessitar de ir à escola tratar de algum assunto, ou para poder brincar no seu espaço de recreio e no parque, para se ir familiarizando com o espaço antes do ano lectivo.

Quando chegar o dia do início das aulas, diga ao seu filho que vai para a escola mas que vai com ele até lá e que o irá buscar assim que puder. Sempre que conseguir, realizem juntos e no final do dia, atividades prazerosas para o seu filho, como ir ao parque ou à quinta pedagógica. Se o seu filho souber que, quando o for buscar, irá fazer consigo uma atividade que gosta, melhor passará os seus dias na escola.

Quando chegarem a casa, poderá inicialmente ajudar a criança a começar a estudar e a realizar os trabalhos de casa, e com o passar dos dias vá-se afastando gradualmente para o seu filho ir recuperando a autonomia e a rotina dessas atividades. É igualmente importante que conversem sobre as experiências que teve na escola, estar atento a possíveis experiências menos boas e valorizar o que aconteceu de positivo, nomeadamente tarefas que realizou com sucesso na sala ou brincadeiras que teve com os colegas no recreio. Não se esqueça de reforçar o seu filho pelo esforço que fez em determinada aprendizagem ou pelo bom comportamento que teve nos seus dias de volta à escola!

 

Sofia Moreira, MS, Pós Graduada em Análise Comportamental Aplicada

Psícóloga

Categories: Oficina de Sugestões

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *